Total de visualizações de página

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Documentário: ALMEIDA JÚNIOR, o Menino de Itu

EM FASE DE PRÉ –PRODUÇÃO
DOCUMENTÁRIO : ALMEIDA JUNIOR – O Menino de Itu
 
 
Apoio Cultural
Após a realização dos documentários : Celly & Tony os Brotos Legais, Do Inferno ao Paraíso e Histórias de Vidas na Montanha Magnífica, a ND Produções Audiovisuais irá apresentar : ALMEIDA JUNIOR o MENINO DE ITU, documentário que se encontra em fase inicial de produção e que pretende resgatar a história do pintor José Ferraz de Almeida Junior, apresentando a importância de sua obra na história da Arte Brasileira.
O documentário desenvolve, entre outros assuntos  uma interpretação da obra cultura-caipira de Almeida Junior  sob o ângulo do hibridismo como uma maneira de valorizar a miscigenação ocorrida na nossa cultura como algo singular e que merece ser olhada pelo viés da arte também. “O modo do caipira nas obras de Almeida Júnior” está dividido em três capítulos que tratam especialmente da formação cultural do caipira paulista, da formação acadêmica de Almeida Júnior e uma análise de obras do pintor que contextualizam essa cultura sob o olhar da semiótica.
Totalmente produzido nos mais modernos recursos técnicos, o documentário apresenta em seu contexto depoimentos importantes de historiadores, biógrafos e personalidades que poderão relatar ao público espectador, detalhes da vida e obra do insuperável artista plástico.
Dirigido por Dimas Oliveira Junior e José Inácio Silva, “ALMEIDA JUNIOR,o Menino de Itu”, faz parte da série “Histórias de Vidas” criada pela ND Produções. Estréia prevista para dezembro de 2012 na cidade de Itu, e a seguir com veiculação em emissoras de TVs educativas.

Documentário: DO INFERNO AO PARAÍSO

Documentário que retrata a história verídica daquela que foi considerada a maior rebelião de presos do mundo, ocorrida em 1952 na Ilha Anchieta - Ubatuba - SP . Com depoimentos do Tenente Samuel Messias de Oliveira e demais personalidades.
Produção : 2012
video
Realização : ND Produções Artísticas

Documentário - HISTÓRIAS DE VIDAS NA MONTANHA MAGNÍFICA

video





 Informações para adquirir o DVD do Documentário : dimasjunior17@yahoo.com.br



Realizado em 2012, o documentário conta a história de vidas na cidade de Campos do Jordão (SP), pessoas que construiram a história desse paraíso Serrano. Com produção de Fabi Padula Santiago da Costa , Supervisão de Malu Alencar. Realização ND Produções .

sábado, 15 de outubro de 2011

Documentário: CELLY & TONY CAMPELLO, os Brotos Legais


Gravação com CELLY CAMPELLO em sua casa em Campinas - 1998








CELLY E TONY CAMPELLO os pioneiros do rock no Brasil, foram os cantores que fizeram com seu canto um divisor de águas na Música Brasileira, transformando a cidade de Taubaté no berço do rock.
Um documentário com produção da ND PRODUÇÕES, co-produção da C2 e da LUMIX ART FILMES.Estréia em janeiro de 2012.

Nascida na capital paulista e criada em Taubaté, Celly começou sua carreira precocemente: dançou "Tico-Tico no Fubá" aos cinco anos numa apresentação infantil. Com seis anos cantou na Rádio Cacique em Taubaté, aonde passou toda sua infância. Se tornou uma das participantes do Clube do Guri (Rádio Difusora de Taubaté). Estudou piano, violão e balé durante a infância.
Aos doze anos já tinha o próprio programa de rádio, também na Rádio Cacique. Aos quinze anos de idade (1958) gravou o primeiro disco, em São Paulo no outro lado do primeiro 78 rotações do irmão Tony Campello que a acompanhou em boa parte da carreira como cantora e atriz. Estreou na televisão no programa Campeões do Disco, da TV Tupi, em 1958. Em 1959 estreou um programa próprio ao lado do irmão Tony Campello, intitulado Celly e Tony em Hi-Fi, na Rede Record, o qual apresentou por dois anos.
A carreira explodiu em 1959 com a versão brasileira de Stupid Cupid, que no Brasil virou Estúpido Cupido. A música foi lançada no programa do Chacrinha e se tornou um sucesso em todo país no ano de 1959. Nesse mesmo ano participou do longa-metragem de Mazzaropi, Jeca Tatu.
Durante a vida gravou outros sucessos: Lacinhos Cor-de-Rosa, Billy, Banho de Lua, que lhe renderam inúmeros prêmios e troféus, inclusive no exterior, e lhe deram o título de Rainha do Rock Brasileiro.
Para tristeza de toda uma geração que se espelhou no trabalho, Celly abandonou a carreira no auge, aos 20 anos, para se casar e morar em Campinas. Foi em 1962, com José Eduardo Gomes Chacon, o namorado desde a adolescência. Com José Eduardo, com quem permaneceu casada até morrer, Celly teve dois filhos, Cristiane e Eduardo, e dois netos.
Celly vinha sendo cogitada para apresentar o programa Jovem Guarda (TV Record), ao lado de Roberto e Erasmo Carlos. Como abandonou a carreira, Wanderléa tomou seu lugar.
Em 1976, foi trazida de novo ao sucesso graças a telenovela Estúpido Cupido (homônimo do grande sucesso, de 1959) na TV Globo, na qual gravou uma participação especial. Incentivada pelo sucesso da novela, tentaria retomar a carreira, chegando a gravar um disco e fazendo alguns espetáculos. Mas com o término da novela, voltou ao ostracismo.
Vítima de um câncer, Celly morreu em 3 de março de 2003, no Hospital Samaritano em Campinas. video

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

CONTATOS ND PRODUÇÕES

ND PRODUÇÕES ARTÍSTICAS - Ancine : 20.826
(11) 2366.7853 
(11) 98197.6003
(11) 96910.5239
(11) 96739.7310
dimasjunior17@yahoo.com.br 
inacio_nd@hotmail.com

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

PARCERIAS NO MERCADO AUDIOVISUAL


A ND PRODUÇÕES encontra-se atualmente com parcerias em projetos de produções audiovisuais de grande porte juntamente com renomadas emprêsas do mercado brasileiro.
Grandes profissionais envolvidos em projetos sérios de documentários e filmes que irão com certeza contribuir com a ARTE BRASILEIRA !